Escolha uma Página

DUPLA DE CRAQUES DO RÁDIO

24 / janeiro / 2020

por Luis Filipe Chateaubriand 


No final dos anos 1970 e início dos anos 1980, a Rádio Nacional abrigava a dupla de craques do rádio futebolístico brasileiro: o “Garotinho” José Carlos Araújo e o “Apolinho” Washington Rodrigues. 

José Carlos Araújo, o locutor jovial, com uma narração bem-humorada e cheia de expressões deliciosas. 

Na época, surgiu a música em sua homenagem: “O xará, assim não dá, pisou na bola e vai ter que aturar. Você deu o passe errado pelas quebradas da esquerda, vacilou com a cocotinha, recebeu o seu cartão. Vai mais, vai mais, Garotinho, você não é de pipocar, geraldinos e arquibaldos, estão aí para confirmar. E a galera tem vez, José Carlos Araújo”.

Washington Rodrigues revolucionou a linguagem do comentário esportivo brasileiro, ao trazer o coloquial para os ditos. Expressões como ‘briga de cachorro grande”, “mais feliz do que pinto no lixo” e “isso aí é como batom na cueca” são clássicas e deliciosas e revolucionárias.

O “Apolinho” apresentava o mítico programa “No Mundo da Bola”: “No Mundo da Bola, esporte, esporte. No Mundo da Bola, esporte, esporte. No Mundo da Bola! Vai começar”. Como o próprio Washington dizia, “o programa esportivo mais importante do rádio brasileiro desde os tempos de Antônio Cordeiro!”. 

A dupla de craques marcou época na Rádio Nacional, depois na Rádio Globo e ainda hoje, na Super Rádio Tupi, já faz tempo com o reforço de Gérson, o “Canhotinha de Ouro”, e de Gílson Ricardo, o “Gilsão”. 

Continuam por aí, tabelando como Pelé e Coutinho e fazendo golaços!

Luis Filipe Chateaubriand acompanha o futebol há mais 40 anos e é  estudioso do calendário do futebol brasileiro e do futebol europeu. Email: luisfilipechateaubriand@gmail.com.    

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.