Escolha uma Página

O DONO DA ÁREA

Em setembro de 2018, a equipe do Museu encontrou Wilson Gottardo para relembrar as glórias do zagueirão vestindo a camisa do alvinegro em um papo divertidíssimo em General Severiano. Como as histórias da fera vão muito além do Botafogo, retomamos o contato e marcamos um papo com o defensor, que passou por dez clubes, sempre com serenidade e boa colocação.

Tudo bem que foi no Botafogo que o zagueiro deu fim ao jejum de 21 anos sem títulos do clube, após conquistar o Campeonato Carioca de 1989 fazendo dupla com Mauro Galvão. Contudo, no seu vitorioso currículo constam ainda os seguintes títulos: Campeonato Carioca, Campeonato Mineiro, Campeonato Pernambucano, Campeonato Brasileiro, Recopa, Libertadores e muito mais!

Vale ressaltar, no entanto, que Gottardo nem sempre foi zagueiro. Nas divisões de base do União Barbarense, onde tudo começou, a fera teve que se desdobrar para dar os primeiros passos no futebol:

– Meu trabalho de base foi em várias posições. Era uma espécie de coringa e fui pegando o macete de cada uma delas! – não por acaso, no fim da carreira, teve a oportunidade de jogar de volante no Sport e não decepcionou.

Após o pontapé inicial no UnIão Barberense, foi tentar a sorte no Guarani e o desempenho agradou a comissão técnica e a torcida. Ao longo do papo, Gottardo revelou qual é o seu tempo passatempo preferido durante a quarentena:

– Unico lado bom da pandemia é que estão repetindo jogos do passado e dá para assimilar vários conceitos e estratégia.

Assista ao vídeo acima para saber tudo sobre a carreira de Wilson Gottardo!