Escolha uma Página

OS MENINOS DE GUADALUPE

A equipe do Museu foi até a Barra da Tijuca para uma resenha de tirar o fôlego com
Jorginho e Donato, dois ídolos do Vasco da Gama!

NO SEU BOTECO PREFERIDO

Começando pelo Bigorrilho, no Leblon, a equipe do Museu inaugura hoje
uma série para apresentar os principais botecos da cidade!

NEY ROSA

Campeão carioca de 1957 pelo Botafogo, Ney Rosa bateu um papo com a equipe
do Museu da Pelada e relembrou sua trajetória!

GIGANTES DO MUSEU

Craque da bola e da resenha, Evaristo de Macedo foi o personagem da série e
a galera lotou o Pizza Park para ver o ídolo de perto!

CLIQUE E ASSISTA

O primeiro mini doc do Museu da Pelada reúne depoimentos de jogadores para ressaltar a situação atual do nosso futebol, a dificuldade nas peneiras e muito mais!

SOBRE NÓS

Conheça nossos projetos e saiba como fazer parte deste time que
busca a poesia perdida do futebol a todo custo!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

resenha do museu

O MEDO DE TOMAR GOLS

O MEDO DE TOMAR GOLS

por Marinho Picorelli Meu amigo, não vejo o time do Vasco, em termos de grupo, muito pior do que 7 ou 8 equipes desse Brasileiro. Na minha visão, baseado em experiências vividas e vivenciadas, o time do Vasco perdeu totalmente a confiança. NENHUM jogador (raríssimas...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 66

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 66

por Eduardo Lamas Neiva Logo ao fim da música dos irmãos Valle, Idiota da Objetividade, como um coelhinho de desenho animado, antecipou-se a qualquer jogada e partiu em frente com as informações sobre o jogo seguinte ao clássico entre as duas seleções que haviam ganho...

ler mais
O FLUMINENSE TAMBÉM ERA UMA MERCEDES

O FLUMINENSE TAMBÉM ERA UMA MERCEDES

por Zé Roberto Padilha Ano passado só dava Mercedes. E Fluminense também. O carro de Louis Hamilton e a máquina de Fernando Diniz desfilavam soberanos nas pistas e gramados. Ontem, no Autódromo do Engenhão, a RBR do Botafogo, mostrou que os tempos mudaram. E atropelou...

ler mais
ELEIÇÕES NO FLAMENGO

ELEIÇÕES NO FLAMENGO

por Elso Venâncio Rodolfo Landim cumpre acordo e vai apoiar Rodrigo Dunshee na eleição a Presidência do Flamengo. O clima político começa a tomar conta do Flamengo. Os sócios vão eleger, no fim do ano, o Presidente para o próximo triênio (2025/2026/2027). Rodolfo...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 65

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 65

por Eduardo Lamas Neiva Após os aplausos a Tonico e Tinoco por cantarem a “Marcha do tri”, a brilhante campanha da seleção brasileira na Copa de 70 começou a ser revivida com objetividade e posteriormente também muita subjetividade e poesia, que era o que aquele...

ler mais
EDINHO, O MAIOR ZAGUEIRO DA HISTÓRIA TRICOLOR

EDINHO, O MAIOR ZAGUEIRO DA HISTÓRIA TRICOLOR

por Paulo-Roberto Andel Ele disputou três Copas do Mundo, se destacou como um dos maiores jogadores brasileiros dos anos 1970 e 1980 e viveu dezenas de tardes inesquecíveis no velho Maracanã com mais de 100 mil torcedores. Ainda garoto, foi simplesmente titular da...

ler mais
A MALDIÇÃO QUE CARREGA CADA CARRINHO

A MALDIÇÃO QUE CARREGA CADA CARRINHO

por Zé Roberto Padilha Se jogar um clássico já é difícil, porque se Vasco x Flamengo se tornou um clássico, e dos milhões, foi porque ambos alcançaram um nível alto de excelência, imaginem jogá-lo com menos um? Já passou da hora dos clubes de futebol punirem jogadores...

ler mais
YO SOY OBDULIO VARELA

YO SOY OBDULIO VARELA

por Elso Venâncio Nas tardes de sábado, quando não havia futebol, a Rádio Globo-AM, do Rio de Janeiro, produzia uma longa jornada esportiva, com entrevistas ao vivo e os repórteres setoristas participando ativamente dos clubes. O telefone toca e o segurança na...

ler mais
AMARAL JOGOU DEMAIS!

AMARAL JOGOU DEMAIS!

por Paulo-Roberto Andel São quatro da manhã e acabo de saber que Amaral morreu. Tinha 69 anos. Ele jogou demais. Aos quinze anos, já era titular no Guarani. Só não foi campeão brasileiro pelo Bugre porque já tinha sido negociado com o Corinthians. Salvou o Brasil...

ler mais
UMA NOITE QUE SERÁ LEMBRADA PARA SEMPRE

UMA NOITE QUE SERÁ LEMBRADA PARA SEMPRE

por Claudio Lovato Filho Foto:Albari Rosa/AFP Foi bonito ver o time no Couto Pereira como mandante.Foi bonito, mesmo que tenha sido por um motivo triste.Um mês sem ir a campo.A comoção do reencontro no exílio forçado.O azul-preto-e-branco vivendo o...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO  64

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 64

por Eduardo Lamas Neiva Após a brilhante apresentação de Naná Vasconcelos, o percussionista é muito aplaudido. Zé Ary aproveita e chama outro craque ao palco. Garçom: - Depois deste craque da percussão, vamos chamar um craque do violão: Paulinho Nogueira, por favor,...

ler mais
E SURGIU A ARBITRAGEM FORÇA

E SURGIU A ARBITRAGEM FORÇA

por Zé Roberto Padilha Na foto, anos 70, do futebol e arbitragem arte, Luiz Pereira vai pra cima do árbitro Agomar Martins. Leivinha pede calma e Brito reclama do meio-campo que não voltou pra marcação. Aí a Alemanha venceu a Copa do Mundo, em 1974. Veio o futebol...

ler mais
HAILTON, O GOLEIRO QUE NÃO QUERIA “BARREIRA”

HAILTON, O GOLEIRO QUE NÃO QUERIA “BARREIRA”

por Kadu Braga Haiton Corrêa de Arruda poderia passar despercebido como mais um “CPF” entre milhões de brasileiros que amam futebol e jogam pelos campinhos de terra batida ou pelas ruas, bem à moda antiga. E foi num destes, em Pernambuco, onde tudo começou. Em campos...

ler mais
OS CARAS DO TETRA

OS CARAS DO TETRA

por Elso Venâncio Romário (5) e Bebeto (3) fizeram 8 dos 11 gols marcados pela seleção na Copa de 1994 Na Copa dos Estados Unidos, em 1994, Bebeto e Romário eram os maiores atacantes do mundo. Romário jogava no Barcelona. Bebeto, no La Coruña. Romário, eleito o número...

ler mais
HONRA AO CAPITÃO

HONRA AO CAPITÃO

por Rubens Lemos Ninguém foi mais capitão do que Bellini, primeiro brasileiro a erguer uma taça do mundo. Nossa. Só nossa. Homem de porte, nobre de futebol valente. Um zagueiro, galã do seu tempo, antagonista estético do padrão boleiro. Estampa de elegância. O gesto...

ler mais
QUE FALTA LUCIANO DO VALLE NOS FAZ

QUE FALTA LUCIANO DO VALLE NOS FAZ

por Zé Rober to Padilha Além de brilhante locutor, Luciano do Valle criou algo inédito no futebol brasileiro: a Seleção de Futebol Master. Jogadores que recebiam alta da profissão, como Diego, Fred e Filipe Luis, eram convocados para disputar amistosos pelo país onde...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 63

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 63

por Eduardo Lamas Neiva O povo dança a valer e aplaude muito ao fim da apresentação de “Reis da bola”, de Moraes Moreira, Galvão e Pepeu Gomes. Moraes Moreira sai do palco agradecendo e cumprimentando todos que passavam por ele. Quando houve uma breve acalmada, Idiota...

ler mais
ELES INVENTARAM O FUTEBOL E SABEM HONRÁ-LO

ELES INVENTARAM O FUTEBOL E SABEM HONRÁ-LO

por Zé Roberto Padilha Liverpool e Chelsea foram a campo domingo, na última rodada da Premier League, cumprir tabela. O título estava sendo disputado longe dali, entre Arsenal e Manchester City. Mesmo assim, protagonizaram homenagens tão bonitas e emocionantes que...

ler mais
MANGA, PARA SEMPRE

MANGA, PARA SEMPRE

por Paulo-Roberto Andel Quando me tornei um verdadeiro torcedor mirim, daqueles que liam jornal todo dia em busca de notícias de futebol, eu tinha uns onze anos de idade. Naquela época, Manga estava no final da carreira mas jogava em altíssimo nível no Grêmio. E foi...

ler mais
SAUDADES DO NOSSO MAIOR HERÓI

SAUDADES DO NOSSO MAIOR HERÓI

por Zé Roberto Padilha Na foto, Gattin, 1,93m de altura, é superado por Pelé, que tinha apenas 1,74m. Sua impulsão era absurda, suas arrancadas e chutes eram movidos a músculos que poucos possuíam, pois ele era o único atleta que ia a campo, em seu tempo, enfrentar...

ler mais
O ETERNO APOLINHO

O ETERNO APOLINHO

por Elso Venâncio Washington orienta Edmundo, Romário e Sávio, o ‘Ataque dos Sonhos’ Washington Rodrigues foi o maior comunicador do rádio brasileiro. Carioca do Engenho de Dentro apaixonado pelo Flamengo, seu ídolo no futebol era Evaristo de Macedo. O vascaíno...

ler mais
TRANSMISSÃO IMAGINÁRIA

TRANSMISSÃO IMAGINÁRIA

por Wesley Machado Imaginei uma transmissão com Silvio Luiz narrando, Antero Greco e Washington Rodrigues comentando. Jogo entre Flamengo e Palmeiras. Os torcedores, porém imparciais em serviço, My friend e Apolinho, seguram a emoção. O engraçado narrador não grita...

ler mais
LUTO NA IMPRENSA FUTEBOLÍSTICA

LUTO NA IMPRENSA FUTEBOLÍSTICA

por Luis Filipe Chateaubriand Pois que os últimos dias estão sendo muito tristes no futebol, especialmente para a Imprensa Futebolística. Antero Greco, my friend, acaba de falecer, vítima de um insidioso câncer no cérebro. Sílvio Luiz, o irreverente locutor,...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 62

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 62

por Eduardo Lamas Neiva Após a festa do Simonal, que foi aplaudido de pé, o povo deu uma dispersada rápida e na primeira sobra de bola, João Sem Medo pôs a bola no pé e voltou às eliminatórias para a Copa de 1970. João Sem Medo: - A seleção nunca se assustou. Lá...

ler mais

Foto da semana

A foto da semana é um belo registro de Severino Silva, um dos maiores fotojornalistas do mundo, que completa mais um ano de vida hoje!

craque da semana

Aldair x Ricardo Gomes

Essa semana a disputa é entre Aldair e Ricardo Gomes

Quem você escolhe?

CHUVA DE GOLS

Família Lemos

SILVA, O BATUTA

Silva Batuta

O LATERAL DE 70

Marco Antônio

AMIGOS PARA SEMPRE

Selefogo

O MAQUINISTA

Afonsinho

EDUZINHO, NOTA 100

Eduzinho Coimbra

LEANDRO ETERNO

Acervo restaurado

O DONO DA BOLA

Evaristo de Macedo

RESENHA DE OURO

Gérson

PUNHO CERRADO

Reinaldo