Escolha uma Página

OS MENINOS DE GUADALUPE

A equipe do Museu foi até a Barra da Tijuca para uma resenha de tirar o fôlego com
Jorginho e Donato, dois ídolos do Vasco da Gama!

NO SEU BOTECO PREFERIDO

Começando pelo Bigorrilho, no Leblon, a equipe do Museu inaugura hoje
uma série para apresentar os principais botecos da cidade!

NEY ROSA

Campeão carioca de 1957 pelo Botafogo, Ney Rosa bateu um papo com a equipe
do Museu da Pelada e relembrou sua trajetória!

GIGANTES DO MUSEU

Craque da bola e da resenha, Evaristo de Macedo foi o personagem da série e
a galera lotou o Pizza Park para ver o ídolo de perto!

CLIQUE E ASSISTA

O primeiro mini doc do Museu da Pelada reúne depoimentos de jogadores para ressaltar a situação atual do nosso futebol, a dificuldade nas peneiras e muito mais!

SOBRE NÓS

Conheça nossos projetos e saiba como fazer parte deste time que
busca a poesia perdida do futebol a todo custo!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

resenha do museu

HONRA AO CAPITÃO

HONRA AO CAPITÃO

por Rubens Lemos Ninguém foi mais capitão do que Bellini, primeiro brasileiro a erguer uma taça do mundo. Nossa. Só nossa. Homem de porte, nobre de futebol valente. Um zagueiro, galã do seu tempo, antagonista estético do padrão boleiro. Estampa de elegância. O gesto...

ler mais
QUE FALTA LUCIANO DO VALLE NOS FAZ

QUE FALTA LUCIANO DO VALLE NOS FAZ

por Zé Rober to Padilha Além de brilhante locutor, Luciano do Valle criou algo inédito no futebol brasileiro: a Seleção de Futebol Master. Jogadores que recebiam alta da profissão, como Diego, Fred e Filipe Luis, eram convocados para disputar amistosos pelo país onde...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 63

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 63

por Eduardo Lamas Neiva O povo dança a valer e aplaude muito ao fim da apresentação de “Reis da bola”, de Moraes Moreira, Galvão e Pepeu Gomes. Moraes Moreira sai do palco agradecendo e cumprimentando todos que passavam por ele. Quando houve uma breve acalmada, Idiota...

ler mais
ELES INVENTARAM O FUTEBOL E SABEM HONRÁ-LO

ELES INVENTARAM O FUTEBOL E SABEM HONRÁ-LO

por Zé Roberto Padilha Liverpool e Chelsea foram a campo domingo, na última rodada da Premier League, cumprir tabela. O título estava sendo disputado longe dali, entre Arsenal e Manchester City. Mesmo assim, protagonizaram homenagens tão bonitas e emocionantes que...

ler mais
MANGA, PARA SEMPRE

MANGA, PARA SEMPRE

por Paulo-Roberto Andel Quando me tornei um verdadeiro torcedor mirim, daqueles que liam jornal todo dia em busca de notícias de futebol, eu tinha uns onze anos de idade. Naquela época, Manga estava no final da carreira mas jogava em altíssimo nível no Grêmio. E foi...

ler mais
SAUDADES DO NOSSO MAIOR HERÓI

SAUDADES DO NOSSO MAIOR HERÓI

por Zé Roberto Padilha Na foto, Gattin, 1,93m de altura, é superado por Pelé, que tinha apenas 1,74m. Sua impulsão era absurda, suas arrancadas e chutes eram movidos a músculos que poucos possuíam, pois ele era o único atleta que ia a campo, em seu tempo, enfrentar...

ler mais
O ETERNO APOLINHO

O ETERNO APOLINHO

por Elso Venâncio Washington orienta Edmundo, Romário e Sávio, o ‘Ataque dos Sonhos’ Washington Rodrigues foi o maior comunicador do rádio brasileiro. Carioca do Engenho de Dentro apaixonado pelo Flamengo, seu ídolo no futebol era Evaristo de Macedo. O vascaíno...

ler mais
TRANSMISSÃO IMAGINÁRIA

TRANSMISSÃO IMAGINÁRIA

por Wesley Machado Imaginei uma transmissão com Silvio Luiz narrando, Antero Greco e Washington Rodrigues comentando. Jogo entre Flamengo e Palmeiras. Os torcedores, porém imparciais em serviço, My friend e Apolinho, seguram a emoção. O engraçado narrador não grita...

ler mais
LUTO NA IMPRENSA FUTEBOLÍSTICA

LUTO NA IMPRENSA FUTEBOLÍSTICA

por Luis Filipe Chateaubriand Pois que os últimos dias estão sendo muito tristes no futebol, especialmente para a Imprensa Futebolística. Antero Greco, my friend, acaba de falecer, vítima de um insidioso câncer no cérebro. Sílvio Luiz, o irreverente locutor,...

ler mais
“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 62

“UMA COISA JOGADA COM MÚSICA” – CAPÍTULO 62

por Eduardo Lamas Neiva Após a festa do Simonal, que foi aplaudido de pé, o povo deu uma dispersada rápida e na primeira sobra de bola, João Sem Medo pôs a bola no pé e voltou às eliminatórias para a Copa de 1970. João Sem Medo: - A seleção nunca se assustou. Lá...

ler mais
VALEU, APOLINHO

VALEU, APOLINHO

por Paulo-Roberto Andel Neste exato momento, tem muuuuita gente chorando. Eu também, mas vou tentar fazer um réquiem. Falar de alguém que a gente sempre ouviu desde a infância, por quase meio século. Do tempo em que o Maracanã tinha seus astronautas vendendo Coca-Cola...

ler mais
TAPETE VERMELHO PARA VINICIUS JÚNIOR EM WEMBLEY

TAPETE VERMELHO PARA VINICIUS JÚNIOR EM WEMBLEY

por Fabio Amaro de Lacerda Páginas escritas com caneta à tinta, cuja beleza dos traços pode ser confundida ou equiparada com os dribles, arrancadas e gols do jogador que vem se tornando o “queridinho” merengue do século XXI substituindo nada mais, nada menos que...

ler mais
A SITUAÇÃO CLÍNICA DE ANTERO GRECO É IRREVERSÍVEL

A SITUAÇÃO CLÍNICA DE ANTERO GRECO É IRREVERSÍVEL

por Luis Filipe Chateaubriand Antero Greco, my friend (como diria o “Amigão” Paulo Soares), está em uma situação de saúde que, irreversivelmente, o levará à morte. Nosso querido Antero está acometido de um câncer no cérebro em estágio avançadíssimo, e o desenlace pode...

ler mais
DI STÉFANO: O COMEÇO DE UMA LENDA

DI STÉFANO: O COMEÇO DE UMA LENDA

por Péris Ribeiro Parece que foi ontem. Mas, é sempre bom lembrar, tudo isso aconteceu há exatos 71 anos. Mais precisamente, em meados de 1953. Justo no instante, em que transpunha os portões do Estádio Chamartín um homem determinado. Forte, boa estatura, cabelos em...

ler mais
SEM ANDRÉ, MELHOR DESCANSCAR EM CAXAMBU

SEM ANDRÉ, MELHOR DESCANSCAR EM CAXAMBU

por Zé Roberto Padilha Era uma vez um cientista esportivo, chamado Fernando Diniz, que sonhava acabar com uma das mais antigas práticas dos goleiros e zagueiros que jogavam futebol: o tiro de meta. Achava que era uma bola jogada a esmo, que concedia vantagem aos...

ler mais
HERÓIS IMORTAIS

HERÓIS IMORTAIS

por Elso Venâncio O Brasil apresentou ao mundo, em 1958, três gênios da bola: Pelé, Garrincha e Didi. Isso, não citando Nilton Santos, o maior lateral da história do futebol. Mestre Didi, o homem da ‘Folha Seca’, foi o primeiro craque a ser eleito pela FIFA, após a...

ler mais
LAS VEGAS FUTEBOL CLUBE

LAS VEGAS FUTEBOL CLUBE

por Zé Roberto Padilha De repente, sumiu o patrocínio da Parmalat, da Petrobras, da Coca-Cola e da Unimed. E, como uma avalanche, as casas de apostas esportivas assumiram o comando das camisas dos principais clubes brasileiros. O Fluminense, por 52 milhões ao ano,...

ler mais
A TRAGÉDIA E O EXEMPLO DOS JOGADORES

A TRAGÉDIA E O EXEMPLO DOS JOGADORES

por Claudio Lovato Filho Os jogadores de futebol – historicamente e de maneira geral – são acusados de se manterem distantes das causas sociais, de se omitirem dos debates políticos e de se ausentarem em momentos de crise e tragédia, como a que se abateu sobre o meu...

ler mais
UM GAROTO, UMA BOLA AZUL

UM GAROTO, UMA BOLA AZUL

por Paulo-Roberto Andel Passei pela Pedro Lessa a caminho de um evento por volta das cinco e meia da tarde. Começo de mês, perto do Dia das Mães - cadê a minha? -, pelo menos a Banca do André estava cheia de gente na happy hour, uma das poucas saudades dos meus tempos...

ler mais
“uma coisa jogada com música” – capítulo 61

“uma coisa jogada com música” – capítulo 61

por Eduardo Lamas Neiva A deixa musical com “As feras do Saldanha”, cantada por Pedro Bento e Zé da Estrada, fez João Sem Medo dominar o jogo a partir dali. João Sem Medo: - Meu time eram onze feras dispostas a tudo. Iriam comigo até o fim, pra glória ou pro...

ler mais
NETO NÃO FOI À COPA DO MUNDO DE 1990

NETO NÃO FOI À COPA DO MUNDO DE 1990

por Luis Filipe Chateaubriand Uma das maiores injustiças – dir-se-ia mesmo uma grande sacanagem – do futebol brasileiro, foi o fato de Neto não ter sido convocado para a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1990. O técnico da Seleção da época, Sebastião Lazaroni,...

ler mais
A GERAL DO MARACANÃ

A GERAL DO MARACANÃ

por Elso Venâncio O setor representava a paixão do brasileiro pelo futebol Por mais de meio século, a Geral do Maracanã reunia, de forma democrática, torcedores rivais que se aglomeravam e se confraternizavam, sem brigas, a cada partida. No local surgiam caricaturas...

ler mais
O CAMPEONATO CARIOCA NÃO AJUDA

O CAMPEONATO CARIOCA NÃO AJUDA

por Zé Roberto Padilha Logo nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, deu para notar que enquanto Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas tiveram estaduais competitivos, com equipes do interior casa vez mais reforçadas, o estadual carioca, à exceção de Nova Iguaçu...

ler mais
“ME LEVA PARA TRÊS RIOS, PROFESSOR”

“ME LEVA PARA TRÊS RIOS, PROFESSOR”

por Zé Roberto Padilha E bom quando seu sonho de menino depende apenas de você, da sua determinação, da sua luta e uma pitada de sorte. Mas quem solicitava ajuda para seus sonhos de menino, e do outro lado da linha suplicava pra vir jogar no time que dirigia, o...

ler mais

Foto da semana

A foto da semana é um belo registro de Severino Silva, um dos maiores fotojornalistas do mundo, que completa mais um ano de vida hoje!

craque da semana

Aldair x Ricardo Gomes

Essa semana a disputa é entre Aldair e Ricardo Gomes

Quem você escolhe?

CHUVA DE GOLS

Família Lemos

SILVA, O BATUTA

Silva Batuta

O LATERAL DE 70

Marco Antônio

AMIGOS PARA SEMPRE

Selefogo

O MAQUINISTA

Afonsinho

EDUZINHO, NOTA 100

Eduzinho Coimbra

LEANDRO ETERNO

Acervo restaurado

O DONO DA BOLA

Evaristo de Macedo

RESENHA DE OURO

Gérson

PUNHO CERRADO

Reinaldo