Escolha uma Página

A ALEGRIA DO FUTEBOL (VAL ZECA)

28 / outubro / 2019


As pernas tortas que trançam
Um balé diferente a plateia que grita
O parceiro que cai no gingado da dança
Levanta, persiste, ele repete a finta

Que brinca que zomba sem veemência
O par reclama estendido na grama
Ele salta pro meio, foge da violência
Ele não perde a elegância da trama

Vai seguindo, sambando e sorrindo
Mais um gol se aproxima delírios
Naquele lindo domingo de sol
Maraca lotado ele aplica um lençol

Lá vai Mané desfilando a plateia Vibrando ele a bola e pobre goleiro
E um tiro torto, certeiro no canto, Espanto elêncio, e o grito de gooolllllll

E o juiz apita e o jogo que finda.
Fecham se as cortinas e o espetáculo
Termina.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.