Escolha uma Página

SUCESSO NA REGIÃO, SUPERCOPA NOROESTE RETORNA COM EDIÇÃO 2022

23 / março / 2022

por André Luiz Pereira Nunes


Em 2017, as regiões norte e noroeste do estado do Rio de Janeiro sofreram drasticamente com a diminuição do número de integrantes que disputavam os certames profissionais organizados pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ). Na ocasião, apenas o Paduano e o Itaperuna ainda participavam das competições oficiais.

Indignado, devido ao pouco caso por parte da Federação com os clubes do interior, o desportista Márcio Monzato, ex-presidente do São José de Itaperuna, teve a brilhante ideia de congregar as agremiações do interior numa única liga, de caráter amador, com o intuito de não deixá-las inativas.

Consequentemente, disputaram a edição inaugural de 2017: Associação Atlética Guaritá (Itaperuna), Boa Sorte Atlético Clube (Cantagalo), Cardoso Moreira Futebol Clube (Cardoso Moreira), Estrela do Norte Esporte Clube (São Fidélis), Esporte Clube Italva (Italva), Floresta Atlético Clube (Cambuci), Liga Itaocarense de Desportos (Itaocara), Monte Carmelo Atlético Clube (Carmo), Miracema Futebol Clube (Miracema), Nova Aurora Futebol Clube (Italva), Real VTS (Bom Jesus do Itabapoana), Retiro Futebol Clube (Itaperuna), São Fidélis Futebol Clube (São Fidélis), Seleção de Laje do Muriaé (Laje do Muriaé) e União Calçadense Futebol Clube (São José do Calçado/ES).


Paraíso, de Cambuci, foi o vencedor da edição 2019.

Sagrou-se vencedor o Monte Carmelo, enquanto Floresta e a Liga Itaocarense de Desportos ficaram, respectivamente, na segunda e terceira colocações.

Em 2018, a lista de disputantes contou com as presenças de Aperibeense Futebol Clube (Aperibé), Associação Atlético Noroeste (Miracema), Bibarrense Atlético Clube (Duas Barras), Boa Sorte Atlético Clube (Cantagalo), Cardoso Moreira Futebol Clube (Cardoso Moreira), Cordeiro Futebol Clube (Cordeiro), Esporte Clube Italva (Italva), Floresta Atlético Clube (Cambuci), Laje Esporte Clube (Laje do Muriaé), Liga Itaocarense de Desportos (Itaocara), Macuco Esporte Clube (Macuco), Monte Carmelo Atlético Clube (Carmo), Retiro Futebol Clube (Itaperuna), Paraíso Esporte Clube (Cambuci), União Calçadense Futebol Clube (São José do Calçado/ES) e União São Vicente Futebol Clube (São Fidélis).

O Macuco foi o campeão, o Atlético Noroeste o vice, enquanto a Liga Itaocarense de Desportos repetiu a terceira colocação e o União São Vicente ficou na quarta posição.

Em 2019, ocorreu a terceira edição que contou com Altense Clube (São Sebastião do Alto), Associação Atlético Noroeste (Miracema), Bibarrense Atlético Clube (Duas Barras), Boa Sorte Atlético Clube (Cantagalo), Cardoso Moreira Futebol Clube (Cardoso Moreira), Carmense Atlético Clube (Carmo), Esporte Clube Italva, (Italva), Floresta Atlético Clube (Cambuci), Liga Itaocarense de Desportos (Itaocara), Macuco Esporte Clube (Macuco), Monte Carmelo Atlético Clube (Carmo), Olympico Futebol Clube (Bom Jesus do Itabapoana), Paraíso Esporte Clube (Cambuci), Pito Aceso Futebol Clube (Aperibé), União Calçadense Futebol Clube (São José do Calçado/ES) e União São Vicente Futebol Clube (São Fidélis).


Macuco foi o campeão da Supercopa Noroeste de 2018

O Paraíso, do distrito de São João do Paraíso, em Cambuci, foi o campeão da terceira edição, enquanto o Pito Aceso, de Aperibé, foi o vice.

Finalmente, após um longo hiato causado pela pandemia, haverá a partir deste mês de março a quarta edição. Os participantes serão União Futebol Clube (São Jose do Calçado/ES), Cardoso Moreira (Cardoso Moreira), Palmeiras Sport Club (Cambuci), Macuco Esporte Clube (Macuco), Esporte Clube Paraíso (Miracema), Associação Atlético Noroeste (Miracema), Pito Aceso Futebol Clube (Aperibé), AMCMP – Associação (São Jose de Ubá), Nacional Atlético Clube (Palma/MG), União São Vicente Futebol Clube (São Fidélis), Brasileiro Futebol Clube (Bom Jesus do Itabapoana), Secretaria de Esportes de Cantagalo (Cantagalo), Porciúncula Esporte Clube (Porciúncula), Visconde Futebol Clube (Trajano de Moraes), Altense Clube (São Sebastião do Alto) e Cordeiro Futebol Clube (Cordeiro).

As chaves ficaram assim definidas: GRUPO “A”: Macuco, Cordeiro, Visconde e Altense. GRUPO “B”: Palmeiras, Paraíso, Cantagalo e AMCMP – Associação. GRUPO “C”: Cardoso Moreira, Atlético Noroeste, Porciúncula e União São Vicente. GRUPO “D”: União Calçadense (ES), Pito Aceso, Brasileiro e Nacional de Palma/MG.


Monte Carmelo, de Carmo, venceu a edição inaugural da Supercopa Noroeste

No tocante ao regulamento, as 16 dezesseis agremiações estão divididas em 4 grupos com 4 clubes e farão jogos de ida e volta em suas respectivas chaves, classificando-se para a fase seguinte as 2 melhores colocadas. Findada a primeira fase, as 8 habilitadas disputarão as quartas de final, em caráter eliminatório, com partidas de ida e volta. Os vencedores, no placar agregado, avançarão à próxima fase. Daí, as 4 classificadas disputarão as semifinais, em jogos de ida e volta, em que os vencedores, no placar agregado, chegarão à decisão, que também contará com partidas de ida e volta.

Contando sempre com a expressiva presença da torcida e o apoio maciço da imprensa e comércios locais, a Supercopa Noroeste se consolidou como uma relevante atração no calendário esportivo do estado do Rio de Janeiro, passando a dar protagonismo ao futebol do interior que se encontra infelizmente totalmente vilipendiado por parte da Federação.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.