Escolha uma Página

HADDOCK LOBO: CAMISAS DOS MARRONS DA TIJUCA SÃO REVIVIDAS

17 / janeiro / 2022

por André Luiz Pereira Nunes


O escritor Kléber Monteiro relança modelos do Haddock Lobo

O escritor e professor Kléber Monteiro Fins (foto) marcou mais um gol de placa. Após relançar, com a ajuda de interessados, várias camisas de times extintos do Rio como Andaraí, Confiança, Vila Isabel, Catete, Helênico, Tijuca, Palmeiras e Riachuelo, a bola da vez, ou melhor, a camisa da vez é a do Haddock Lobo Football Club, outra saudosa agremiação que se localizava na Tijuca, pródiga região da cidade do Rio de Janeiro que abrigou dezenas de equipes de futebol.

O simpático Haddock Lobo, fundado em 23 de julho de 1908, se notabilizou pela singular combinação de cores de seu pavilhão. Em três anos de existência contou com três fardamentos. O primeiro, predominantemente, na cor marrom, perdurando até a metade do Campeonato Carioca de 1909, quando foi criado o segundo fardamento, este listrado nas cores marrom e branco.


Modelo marrom do Haddock Lobo

Contudo, durante o Campeonato de 1910 o clube abandonaria as cores originais, passando a atuar com a indumentária azul.

Vale ressaltar que o clube possivelmente foi um dos poucos a adotar a cor marrom. Porém, é preciso ressaltar que o Grêmio, de Porto Alegre, quando foi fundado, em 15 de setembro de 1903, ainda não contava com sua icônica e conhecida camisa tricolor, imortalizada como umas das mais belas do mundo. Seu primeiro modelo era composto por um design listrado, na horizontal, nas cores azul celeste e havana, uma espécie de marrom.

Em 1911, o Haddock Lobo, em virtude de uma grave crise econômica, se fundiria ao America Football Club. A proposta inicial era o novo clube se chamar Haddock Lobo-America, mas, a ideia não prosperou. Tanto o nome, quanto as cores originais, não foram mantidas. Na prática, o America incorporou o co-irmão, se apropriando do terreno, localizado à Rua Campos Sales. Inclusive, Marcos Mendonça, o primeiro goleiro da Seleção Brasileira, pertencia ao Haddock Lobo e passou a atuar pelo America.


Grêmio, de Porto Alegre, foi o pioneiro na utilização do marrom

Curiosamente, o novo presidente do America foi Álvaro Zamith, oriundo do Haddock Lobo, o qual veio a substituir o lendário Belfort Duarte, que passou a ser o capitão da nova equipe integrada.

Apesar da existência breve, o Haddock Lobo deixou a sua marca na história do futebol carioca. Disputou os estaduais da primeira divisão de 1909 e 1910 e a segunda divisão de 1911.

Os interessados em adquirir os modelos todo marrom e o listrado marrom e branco devem procurar Kléber Monteiro através das suas redes sociais ou pelo ZAP 21 99791-5589.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.