Escolha uma Página

Ouro Preto

CAMISA DO OURO PRETO

por Tazio de Carvalho


Me chamo Tazio de Carvalho e sou filho do Augusto Brandão de Carvalho. Durante muitos anos meu pai foi conhecido nas areais de Copacabana como Gugu ou Brandão. Atuou no Ouro Preto, um dos times mais tradicionais da época de futebol de praia nos anos 50. Mais tarde ele jogou pelo Radar, outro time famoso de Copa. 

Pelo Radar, conheci alguns dos amigos dele: Tininho, Cesar Humberto, Paulo Amaral, Sansão, todos do Lido (local de encontro).

Meu pai, meus tios e os amigos dele sempre comentavam a técnica apurada que ele tinha, jogava com as duas pernas e era habilidoso. Meio campista clássico, Camisa 8. 

Guardo há mais de 50 anos a camisa que ele vestiu e honrou, pois o Ouro Preto era temido por outros times. Gostavam de brigas. Tininho (jogador), o Paulo Amaral e o Sansão eram os seguranças. Estes viviam brigando. Assim contavam eles.


Guardo até hoje em casa algumas fotos ou notícias da época. Também tenho uma camisa com mais de 60 anos do time TAP 2 (Turma das Antigas do Posto 2), cujo o símbolo é uma garrafa de Pitu (cachaça). O time também era conhecido como  “Tomamos Pinga Toda”. São relíquias que guardo para o resto da vida.

No poster do Ouro Preto, o meu pai é o primeiro ao lado esquerdo do Goleiro. Nesta foto, Tininho está em cima (segundo) e o Humberto no meio agachado.

Desde já agradeço a oportunidade de mostrar esta bela camisa. 

Muito obrigado!