Escolha uma Página

Guerra

UMA HISTÓRIA DE FUTEBOL E HEROÍSMO

por Claudio Lovato Filho


Um dos livros de futebol que mais emocionaram se chama “Futebol & Guerra – Resistência, triunfo e tragédia do Dínamo na Kiev ocupada pelos nazistas” (Jorge Zahar Editor, 2004), do jornalista escocês Andy Dougan. No momento em que o mundo assiste à invasão da Ucrânia pela Rússia, a leitura desse livro pode ser especialmente interessante ao apresentar um episódio histórico que revela muito do espírito do povo ucraniano.

Essa obra extraordinária (e extraordinária não apenas para os amantes do futebol como nós, aqui reunidos na famiília Museu da Pelada) tem como contexto a invasão nazista à União Soviética, em 1941 – mais especificamente, à Ucrâniae à capital Kiev. 

Entre os prisioneiros feitos pelos alemães estavam muitos jogadores do Dímano, considerado o melhor time da Europa pré-guerra. Eles haviam se alistado no Exército para combater os invasores nazistas e acabaram sendo capturados. Com a capitulação de Kiev foram deixados à própria sorte, enfrentando a fome, a doença e o frio nas ruas devastadas da cidade. 

Um a um foram sendo acolhidos pelo dono de uma padaria,e, liderados pelo goleiro Trusevich,  reformularam o Dínamocomo F.C. Start. O time venceu todos os jogos que disputou– contra times húngaros, romenos e de unidades militares alemãs –, o que foi fudamental  para levantar o ânimo da população de Kiev.


Sim, o Dínamo/Start venceu todas as partidas que disputou, inclusive a partida final, contra um adversário que, todos sabiam antecipadamente, não aceitaria a derrota: o time da Luftwaffe, a força aérea alemã, num jogo que teve um oficial da SS como árbitro. As consequências desse ato heróico dos ucranianos teve consequências brutais, descritas em detalhes por Andy Dougan. 

“Futebol & Guerra” é um relato fascinante e comovente; uma homenagem a 11 heróis e a uma nação por eles representada com bravura em um momento em que tudo parecia perdido e o fim parecia sempre muito próximo.