Escolha uma Página

DA SÉRIE “TESTEMUNHA OCULAR DA HISTÓRIA”

19 / julho / 2022

por Zé Roberto Padilha

Taça Guanabara, 75. Paulo Emilio, nosso treinador, estava preocupado às vésperas de um clássico, contra o Vasco, porque Assis, nosso quarto zagueiro, estava lesionado. A zaga, formada por ele e Silveira, jogava junto há anos.

Roberto Alvarenga, nosso supervisor, sugeriu que pedisse ajuda ao treinador dos juniores, João Batista Pinheiro, sobre um eventual substituto. E Pinheiro lhe indicou o Edinho. Que tinha apenas 19 anos.

Não lembro, nos meus dezessete anos de profissão, ter presenciado algo parecido. Edinho foi o melhor em campo, foi mantido como titular a ponto do Assis, ao retornar, ser negociado ao Sport Clube Recife.

Desse jeito surgiu um dos mais completos zagueiros do futebol brasileiro. Não foi por acaso.

Chegava no Fluminense às 7h00 para jogar tênis com os associados. As 8h30, vinha para o campo e puxava a fila dos treinamentos físicos. E depois, fechava jogando Futevôlei em Copacabana, onde morava, pois foi um dos precursores desse esporte.

Enfim, nada é por acaso. É quando o talento ganha força e velocidade para defender e sobram pernas para atacar. E tem como mestre um zagueiro do nível do Pinheiro.

Ninguém chega à seleção brasileira, e marca um gol durante uma Copa do Mundo, sendo zagueiro, e não foi de cabeça, foi entrando driblando a defesa adversária, sem a luta e a entrega desse “menino”.

Não me lembro do Fluminense lhe prestar uma homenagem à altura. Um jogo de despedida para um craque lapidado deste o infantil. Um carinho da torcida.

Quem sabe?

TAGS:

4 Comentários

  1. José de Oliveira

    Excelente texto, sempre comento com amigos, meu ídolo de infância, fui várias vezes o Fluminense jogar por causa dele,não sei porquê o descaso do Fluminense, será por causa de quando voltou da Itália foi jogar no Flamengo???Se é por esse motivo é uma pena,muita falta de reconhecimento, espero que o Fluminense reveja,sempre será meu maior ídolo do Futebol…

    Responder
    • Ronaldo de Vasconcellos Fonseca

      Edinho, foi sem dúvida nenhuma, o melhor zagueiro que vi jogar com a camisa tricolor. Ouso dizer que no seu auge, foi o melhor zagueiro do mundo. Edinho representa para a geração de tricolores da minha faixa etária, tenho 59 anos, o que Zico e Roberto representaram e representam para Flamengo e Vasco respectivamente. O Fluminense deveria homenageá-lo formalmente.

      Responder
  2. Joca

    Edinho jogava o fino, ainda jogou no meu mengo.

    Responder
  3. Telmo

    Mas cometeu um pecado mortal.

    Responder

Deixe uma resposta para Ronaldo de Vasconcellos Fonseca Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.