Escolha uma Página

Liga Nacional de Futsal

CORINTHIANS CORTA 70% DO FUTSAL

por Marcelo Rodrigues


Alguns temas importantes para serem abordados nesse artigo de hoje:

Liga Nacional, Sorocaba campeão da Libertadores, Jaraguá x Joinville, convocação da seleção e desmanche no Corinthians.

Tentarei ser o máximo objetivo possível em cada tema. Vamos lá:

Liga Nacional de Futsal

Há excelente boa vontade, grande profissionalismo, busca pela melhora, busca pelo diálogo e realizou uma grande competição. 

Sempre podemos melhorar e 2016 já haverá play off. Ótimo! 

Melhorias em ginásios, cabines e ginásios adequados para a transmissão, punição financeira para clubes que proporcionarem brigas, tumultos, ou violência de qualquer espécie, partindo de jogadores, comissão técnica, dirigentes ou torcedores. Perdeu a linha, punição!!! Modelo NBA. 

Ou perda de mando, ou qualquer coisa, sei lá! 

Saldo muito positivo, assim como merecido o título de Carlos Barbosa.

—-///

Ontem a equipe de Sorocaba sagrou-se campeã da Libertadores de Futsal. 

Gostei muito da apresentação do time que pegou o Real Bucaramanga, da Colômbia, e base da seleção de lá. Muda de patrocínio, mas fica em Sorocaba. 

Parabéns pelo título e sorte no ano que vem. 

—–///

Comentei o jogo acima citado do estúdio no Rio de Janeiro e fui direto para o aeroporto. Peguei um voo para Curitiba e fui de carro até Jaraguá do Sul para ver a final do catarinense. Jaraguá x Joinville fizeram um jogaço.

A marcação, determinação, concentração, pressão, transição, jogo de ataque veloz e entrega de Jaraguá, proporcionaram um grande placar: 4 x 0. 

A diretoria da equipe anda em busca de outras grandes empresas para manter o bom nível do time na próxima temporada. 

Semana que vem muitas reuniões na pauta e a possibilidade de novos parceiros.

Parabéns à Joinville/Krona pela boa partida e tentativa constante de ataque, mas que esbarrou numa defesa espetacular.

Sorte à Jaraguá e ótimo 2016.

—–///

Convocação da Seleção

Todos os convocados são ótimos jogadores.

Chamou a atenção o fato de jogadores de Corinthians e Orlandia não terem sido convocados.
No Grand Prix os clubes não liberaram os atletas porque tinham semifinais da Liga.

O que acho disso?

Que nosso calendário é horrível, que seleção é para os melhores, sempre, que se há competição antes das finais, que as datas das finais mudem, que os times precisam ter duas semanas de preparação pós competição internacional, que é preciso liberar atletas e valorizar seu produto, e que retaliação, bem como não liberação, ficou pra trás com os coronéis. Portanto que o calendário seja revisto. O importante é resolver. 

Se todos queremos o melhor Futsal possível, vamos botar a cara, discutir, brigar, apontar, botar o dedo na ferida de cada um e depois sairmos abraçados com um PRODUTO bom pra TODOS. 

O EU no Futsal é constante e prejudica a todos. 

Seleção é para os melhores, tanto no Grand Prix quanto nas Eliminatórias. 
Para as eliminatórias é óbvio que a convocação de atletas da Europa se faz necessária. Estarão no meio da temporada, em atividade, voando, enquanto os daqui estarão voltando de férias. 

Para o mundial a situação se inverte. Então que tenhamos o entendimento e que os melhores jogadores brasileiros espalhados pelo mundo sejam convocados, sem retaliações de ambas as partes. Quem perde é a modalidade. Senhores: depois dos problemas todos nos últimos quatro anos, ou nos últimos 30, mudemos juntos essa bagunça. Por favor!

—–///

Corinthians

Tirou 70% do investimento no Futsal.

Muitos jogadores com dois anos de contrato foram chamados em dezembro para reduzir.

Uma atitude lamentável e pouquíssimo profissional tendo em vista que há empresas querendo entrar na modalidade do clube.

Várias justificativas eu já ouvi. O time não ganha, não dá retorno etc. Mentira.
O retorno é absurdo. E tenho os dados de audiência. O retorno indireto de publicidade é milionário. 

A crise também vira desculpa. Tudo bem que reduzissem 20 ou 30%, mas 70 e em cima da hora? 

Aí não. 

Pisaram feio na bola.

Torço pela reestruturação e se esse fosse o plano, que tivesse sido falado no início da temporada. 

Teriam dito: “no ano que vem teremos 70% de corte no orçamento. O projeto será assim e assado. 

Mas não. 

Que tenhamos rapidamente emprego para todos esses profissionais e que todos consigam sustentar seus familiares.

É Futsal na veia!!!

O campeão voltou!!!!!!

por Marcelo Rodrigues


A festa pelo título do Carlos Barbosa durou toda a madrugada e coloriu a cidade de laranja. | Foto: Marcelo Rodrigues

A festa pelo título do Carlos Barbosa durou toda a madrugada e coloriu a cidade de laranja. | Foto: Marcelo Rodrigues

Todos os recordes batidos, a cidade parada e o laranja tomando conta da Serra Gaúcha, que respira Futsal: Carlos Barbosa é pentacampeão da Liga!!!

A ACBF de Carlos Barbosa sagrou-se campeã, pela quinta vez da Liga Nacional de Futsal, ao vencer a equipe de Orlândia nos dois confrontos. No primeiro por 5×3 e, ontem, por 5×1.

Muito mais do que a vitória, essa conquista nos faz refletir sobre vários aspectos do jogo.

Vale a pena apostar mais na defesa passiva?

Por que não apostar no ataque?

Por que não somar marcação alta, pressionada, total com jogo de 1×1, movimentações, escapes pelas alas, passe de fundo, chute de média, entre outras coisas?


Pito comemora com a torcida | Foto: Marcelo Rodrigues

Pito comemora com a torcida | Foto: Marcelo Rodrigues

A final nos mostrou duas equipes que procuram o gol, que buscam o passe para a frente, que tentam evoluir, que não “enfeiam” o jogo, que não se baseiam em regulamento e vão em frente!

Venceu quem soube aproveitar o bom momento que aconteceu num determinado período do jogo. E a partir disso manteve a concentração e desestabilizou emocionalmente o adversário.

Carlos Barbosa iniciou pressionando. Orlândia respondia com bola para o pivô, teve oportunidades, mas não chegou.

Aí um equívoco do Deivid, um lampejo do Pito na roubada de bola, um pênalti para o Carlos Barbosa e 2×0 no placar para o time da Serra Gaúcha.

Na volta para o segundo tempo, pressão de Orlândia. Duas chances e um golpe mortal: uma reposição rápida do Wolverine no peito do Pito e gol espetacular de bicicleta do jogador que aposto ser, num futuro próximo, um dos maiores do mundo. A partir daí houve uma queda emocional de Orlândia.

Jogadores cabisbaixos contra um caldeirão laranja empurrando seus jogadores para uma concentração impressionante, uma entrega fundamental, uma união, profissionalismo, conduta e concentração.

Gostei da entrevista do Marquinhos Xavier ao final do jogo. 

E não é pela generosidade dele ao agradecer a mim, ao Daniel e ao Sportv pelo que fazemos. Ter esse reconhecimento nos deixa também agradecidos por sempre fazermos o máximo para levar o trabalho de todos ao mundo. Sempre com respeito, honestidade, parceria, e nunca denegrindo. 

Mas eu gostei ainda mais por ter a certeza de que o “jogo de ataque”, o jogo de defesa alta com pressão, ou o “jogo total” (jogar e não deixar jogar incomodando sempre, sem ser violento) é a filosofia que mais me agrada num time.

Gosto de técnica – Pito!

Gosto de treinador valente, que ataca, que treina retorno, que leva gol e ataca novamente – hoje é e sempre foi Marquinhos Xavier. Há outros fantásticos. 

Parabenizo o Cidão e todo o grupo da Intelli/Orlândia pela excelente temporada. Infelizmente não jogou nessas partidas o que é capaz de jogar. Méritos do time da Serra Gaúcha.

Gosto de jogador que se entrega, que dá o sangue até a última gota.

O Marquinhos reuniu um grupo, que não só tem esse perfil, como valoriza a ideia de atacar com qualidade e objetividade.

Gosto de jogo bom para quem assiste – Carlos Barbosa! 

E gosto de férias após um ano marcado pela melhor Liga de todas, com mais de 120 transmissões, com estilos distintos, com Guarapuava, Jaraguá, Assoeva, Corinthians, Sorocaba, Orlândia, Joinville e Carlos Barbosa tendo apresentado duelos sensacionais, estilos e estratégias diferentes e até de ataques pessoais ridículos e amadores feitos por profissionais que sempre respeitei. 

Mas foi premiada a equipe que fez a melhor campanha de todas nos últimos anos.

Título muito merecido.

Parabéns de verdade porque a Serra Gaúcha está em festa!

OBS 1 – Parabéns ao Palhinha pela Gestão da Liga

OBS 2 – Parabéns à Liga por buscar o diálogo

OBS 3 – Sábado tem o último jogo do ano, às 12h, no Sportv. Sorocaba x Real Bucaramanga (Colômbia) pela Taça Libertadores da América. Final.

OBS 4 – Todos aqueles que quiserem saber o porque de determinadas ações, falas e comentários, lembro que o canal de conversa comigo é aberto.
Entrem em contato, ensinem e aprendam. Essa troca nos fará melhores.

OBS 5 – Volto semana que vem falando do jogo da Libertadores e falando sobre o evento Futsal Solidário no Tijuca Tênis Clube, dia 12/12/15 para ajudar a Casa Ronald (que cuida de crianças e adolescentes diagnosticados com câncer).

Só feras em quadra e no apoio.

OBS 6 – Merecidamente O CAMPEÃO VOLTOU.

Content Link Block
Select a page and create a visual link to it.

Learn more

A HORA DA VERDADE

por Marcelo Rodrigues

Pois é… um ano inteiro, avaliações, exames, treinos físicos, técnicos, táticos, amistosos, quadrangulares, torneios, pequenas lesões, alguns com sérias lesões, discussões, pilhas, torcedores, mudanças, saídas, chegadas, corneteiros, maldades, bondades, e no fim, DOIS JOGOS definirão o CAMPEÃO da Liga Nacional de Futsal. Chegou a hora da verdade. É decisão na CORTE!!! 

Orlândia/Intelli x Carlos Barbosa, hoje, às 19h, em Uberaba (MG), farão a primeira partida da final do “Reino da Bola Pesada”, em que mais os estilos se parecem. 

Nobreza, clero, burguesia e súditos, enlouquecidos, aguardam o melhor espetáculo possível, e os Bobos da Corte, junto aos corneteiros de plantão, tentam inutilmente aparecer de alguma forma.

Foquemos, SEMPRE, nos artistas e no espetáculo. 

As duas equipes marcam muito bem, pressionam e buscam a roubada de bola, passam para frente a bola, jogam para atacar. 

Orlândia chega à sua quarta final consecutiva, tem jogadores mais experientes e acostumados a decidir. Carlos Barbosa tem a melhor campanha da competição, grandes jogadores, e embora com média de idade mais baixa, tem um poder de marcação, transição e ataque espetaculares. Tudo muito equilibrado.

O confronto nos trará o jogo de ataque de busca pelo ataque, de intensidade, de 1×1 quando necessário, de pivôs (Pito e Dieguinho principalmente), mas veremos Zico, Murilo, Gadeia, Jackson, Grillo, Ciço, Canabarro, Cabreúva e uma aula de estratégia dos dois treinadores. 

A hora é de brilhar. A hora é de buscar as vitórias, o título e, sobretudo, de todos nós envolvidos de alguma forma nessa final, demonstrarmos grandeza e mostrarmos ao mundo o máximo de espetáculo possível.

O Salão é Nobre, a história do nosso jogo é linda e hoje o Futsal é muito mais que realidade: é audiência, é marca, é produto.

É Futsal na veia!!!

Sorte demais a todos e grandes jogos. 

 

SERVIÇO:

1º. Jogo: Hoje, dia 23, às 19h – Orlândia/Intelli x Carlos Barbosa

2º. Jogo:  Dia 29/11, às 13h- Carlos Barbosa x Orlândia/Intelli

Carlos Barbosa e Orlândia/Intelli  jogam por uma vitória e um empate.

Se cada equipe vencer um jogo, ou os dois jogos terminarem empatados, imediatamente após a segunda partida haverá prorrogação. Carlos Barbosa, nesse caso, jogará pelo empate na prorrogação.