Escolha uma Página
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

SEM IDENTIFICAÇÃO

19 / setembro / 2022

:::::::: por Paulo Cézar Caju ::::::::

Falam que eu sou chato, repetitivo, reclamão, mas me digam como foi a rodada, por favor! O queridinho Abel Ferreira, com uma tremenda falta de educação, sendo expulso por reclamar, Gabigol tomando amarelo por chilique, Felipe Mello arrumando confusão, uma baixaria só no Fla-Flu e por aí vai! É sempre mais do mesmo e o problema é que esse “mesmo” é sofrível! Bola rolando que é bom, quase não vemos! Cada vez mais isolado na liderança, o Palmeiras ganhou do Santos sem convencer, o que já é normal!

O único ponto positivo da rodada foi a festa que a torcida do Vasco fez em São Januário! Mesmo com o time em má fase, aos trancos e barrancos para conseguir o acesso, os torcedores não abandonam e fazem a sua parte nas arquibancadas.

Prestes a dormir, recebo de um amigo um vídeo no Zap que você também deve ter visto: meu parceiro Roberto Dinamite em lágrimas assistindo aquele espetáculo e usando a camisa que tanto honrou. Após uma breve pesquisa na internet, vi que foram 702 gols em 1110 partidas disputadas com a camisa cruzmaltina e isso explica muita coisa! É lindo demais ver a identificação que os jogadores da minha geração têm com os clubes que defenderam por tanto tempo: Ademir da Guia no Palmeiras, Pelé no Santos, Dirceu Lopes, Nelinho e Wilson Piazza no Cruzeiro, eu, Jairzinho, Mendonça, Carlos Roberto e Manga no Botafogo, Zico no Flamengo, Assis e Washington no Fluminense, Rivellino no Corinthians, Eduzinho no America, Parada e Paulo Borges no Bangu, Alcir no Vasco da Gama e por aí vai porque a lista é extensa e vou acabar esquecendo alguém! Mas muito me dói saber que a geração atual nunca saberá o que é isso! Antes mesmo de chegar aos profissionais, os garotos já estão pensando em jogar na Europa, a Liga dos Campeões e esses torneios de lá! Tudo bem que os tempos são outros, que a grana lá é muito mais alta, mas não há preço que pague uma cena linda dessa como a do meu amigo Dinamite!

Juro que me esforcei muito para pensar em algum jogador atual do futebol brasileiro que poderia repetir o gesto daqui a alguns anos e não me veio nenhum nome. Que loucura! Os últimos acho que foram Rogério Ceni no São Paulo e Marcos no Palmeiras, mas já tem uns bons anos que penduraram as luvas!

Pérolas da semana:

“Modelo de jogo vai dar rumo ao modelo do time com intensidade por dentro, que aproveita a bola viva para espetar o ala na beirada, encaixotar o adversário e ter uma troca de assistência terrestre”.

“Na primeira bola e depois na segunda bola, sempre com uma leitura tática dinâmica, o jogador disputa o espaço e faz o time ser consistente, subindo a parede com marcação alta e intensidade de jogo vertical, usando a caixa de ferramentas com compactação para focar com faca nos dentes”.

TAGS:

7 Comentários

  1. Douglas

    Na vdd naquele tempo que o senhor aí desse comentário está se referindo não podiam jogar tantos estrangeiros como hoje e segundo lugar,reclamações expulcoes sempre existiram,precisamos rever nossos conceitos

    Responder
    • Inquisidor

      Lê o texto de novo. Talvez você o entenda. Seu comentário não faz o menor sentido, champs!!
      Parabéns ao Senhor (com S maiúsculo) Paulo Cesar Caju!! Um cracaço dentro e fora das quatro linhas!!

      Responder
  2. Mario Cezar Soares Carneiro

    Aí. PC Caju. Sempre leio a sua coluna e essa está porreta mesmo. É tudo verdade e ao escrever sobre o Bob Dinamite que eu já tinha visto e fiquei muito emocionado porque eu o conheço pessoalmente. Você sempre brilhante. Parabéns!!! Abraços.

    Responder
  3. Edvar Maia

    Lento vc ter esquecido do Jefferson, ex goleiro do Botafogo. Jogador que se recusou a ser transferido pra outro time quando o clube de coração dele caiu pra Série B

    Responder
  4. Victor

    Esse Senhor aí meu e Paulo cesar caju hoje não existe jogador do nível dele e só falou verdades

    Responder
  5. Celso Raeder

    Meu caro PC, a situação se agravará ainda mais com essa futebol SAF, que nada mais é do que a transformação dos clubes em entrepostos de “engorda” de jovens talentos para serem vendidos aos europeus.

    Responder
  6. Ronaldo

    Palavras de quem foi craque coisa q hoje não existe mais ele como outros honravam as camisas q veatiam hoje honram o dinheiro q recebem parabéns nosso craque

    Responder

Deixe uma resposta para Victor Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *