Escolha uma Página

ALGUMAS REVISTAS, UM AMOR E O TRICOLOR. VIVA O PAULINHO!

21 / dezembro / 2019

por André Felipe de Lima


Seu Paulo é um grande amigo. Sabe do amor que tenho pelo futebol. Mais até. Do amor que tenho pela história do futebol. O filho dele tinha essa mesma paixão. Tão intensa que o moldou um grande jornalista esportivo, um dos mais bravos de sua geração. Dia desses, seu Paulo apareceu em minha casa com algumas revistas antigas. Verdadeiras preciosidades. Edições raras do Fluminense, amor dele e do filho. No meio das publicações, um álbum de figurinhas do campeonato brasileiro de 1977, que, coincidentemente, também colecionei quando menino. Fiquei, obviamente, bastante emocionado, exatamente como estou neste momento, escrevendo esta mensagem. Ah, havia também algumas raras revistinhas em quadrinhos do Homem Aranha. O menino dele gostava muito também, e eu — confesso — idem. O menino do seu Paulo dividia-se entre as revistas do Tricolor, os times de botão e o super-herói idealizado. Seu Paulo foi, contudo (e acima de tudo), o verdadeiro super-herói do Paulinho, que hoje faria anos. Paulo Julio Clement, uma das mais brilhantes personagens da recente história do jornalismo esportivo. Obrigado, seu Paulo, por tornar-me herdeiro dos objetos do amor do seu filho, que o ajudaram a ser um respeitável e apaixonado profissional e, claro, um tricolor sem limites cósmicos ou transcendentais. Viva o Paulinho! Um beijo grande.

TAGS:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.