DIA DE SÃO MARCOS

por Rafytuz Santos

Dizem que onde o goleiro pisa, não nasce grama... Quem inventou esse ditado futebolístico, nunca viu São Marcos!!

Feliz da grama por contemplar as pegadas campeãs do herói palestrino! E quando o Marcão pisa em qualquer gramado, é capaz de nascer as mais variadas flores e gramas! Ou alguém duvida da capacidade milagrosa do goleiro do Penta???

O lendário ícone da Libertadores de 2000, com suas magistrais mãos, classificando a equipe do Palestra, com raça e suor alviverde, o suor que escorreu em sua testa e nas de mais de 10 milhões de fanáticos palmeirenses naquele dia 6 de Junho de 2000.

O Morumbi virou Vaticano, e os saudosos Libertadores da América canonizavam ali um novo santo do futebol! O santo ídolo alviverde, o santo campeão mundial em 2002, o santo que negou a tentação das cifras europeias, para continuar jogando no Palmeiras, pela Série B... Veneráveis defesas, santas declarações. Os gramados do futebol beatificam o santo São Marcos, santo padroeiro das defesas impossíveis!!!!!