DIA DA ALEGRIA

Recentemente, com muita alegria e satisfação, comemoramos um ano de Museu da Pelada, um projeto novo, que superou todas as expectativas possíveis com resenhas emocionantes e inigualáveis! Além de celebrar, a confraternização também serviu para agradecer a todos que nos acompanham e nos ajudam a ir em busca da poesia perdida e do ineditismo num esporte que se torna cada vez menos romântico.

O local da festa não poderia ser outro: o Bar da Pelada, do parceiro Guilherme Careca, na Rua Souza Lima, em Copacabana. Palco de futuros encontros com os jogadores, o bar recebeu grandes amigos e a festa contagiava até os transeuntes. A cerveja estupidamente gelada somada ao som de Silvio Villas, o rei do cavaquinho, animava a galera, que soltou a voz relembrando sambas históricos.

- É HOJE O DIAA DA ALEGRIAA... - cantavam em coro.

Além de Moacyr Luz, Afonsinho, Sérgio Sapo, quem também não quis ficar de fora da festa do Museu foi Rodrigo Santoro. Mesmo sem saber que era a nossa confraternização, o ator, que já contou de suas experiências no futebol para o Museu, gostou da algazarra e se deliciou com a saborosa feijoada do Bar da Pelada. No dia seguinte, a ansiedade pelo aniversário de dois anos do Museu já tomava conta da nossa equipe! 

Cada texto, curtida, foto, compartilhamento, elogio, crítica, sugestão e comentário são muito gratificantes! Recebemos com muito orgulho e é um dos nossos maiores combustíveis!! Vocês fazem parte do Museu!!

Vem muito mais por aí!! É só o começo de uma longa trajetória!!