REI DA RESENHA

texto e entrevista: Marcelo Mendez | foto: Zanone Fraissat vídeo: Marcelo Ferreira | edição de vídeo: Daniel Planel 

 

Bastidores

O início

Falar com Vampeta é tratar de um tempo que não existe mais. E resenhar um futebol que também não existe mais. Um tempo e um futebol... Tempo que os jogadores se freqüentavam mais, se falavam, gostavam do tempo que tinham pra conviver e falar de amenidades necessárias para tornar a vida agradável.

Sobre Evaristo

E além de tanta bola que jogou, do tanto que venceu, foi isso que mais Vampeta fez: tornar a vida agradável. Entre títulos conquistados, países conhecidos, amigos feitos, versos transformados em cambalhotas e tanta história para contar, Vampeta viveu sua vida no futebol e o sorriso que estampa no rosto quando ele fala disso explica muito do que ele pensa sobre o futebol.

Lateral nem pensar

Eles fingem que pagam, eu finjo que jogo

Para essa entrevista no Museu da Pelada, chamei ele pra prosa e foi ótima como sempre. Fiquem agora, portanto, com o último romântico do futebol.

Senhoras e senhores, com vocês, Vampeta!

Saideira

Os marcos