Jairzinho

CRAQUES DO CAMPO E DA PRAIA

Vídeo inédito da resenha com Júnior, Jairzinho e Gilmar Popoca, grandes craques do futebol de campo, que nunca dispensaram uma pelada na praia!

De óculos escuros e braços cruzados, o "rei da praia" observa do calçadão toda aquela resenha da rapaziada do Areia Leme. Embora tenha sido ídolo do Juventus, grande rival, Júnior não poderia deixar de comparecer na festa de 50 anos de um dos times mais tradicionais do futebol de praia.

- Venho com o maior prazer e satisfação, principalmente porque reencontro amigos que dificilmente vou ver no dia a dia! - disse Júnior.

Outra figurinha carimbada, que não perde uma pelada, seja na praia, na grama ou nas quadras, Jairzinho também marcou presença na festa do Areia. Morador de Copacabana, o "Furacão" estava em casa e não escondia a felicidade pelo encontro.

Além de Júnior e Jairzinho, Gilmar Popoca, ex-camisa 10 de Flamengo, Santos, Botafogo e Ponte Preta, bateu um papo divertidíssimo com a equipe do Museu da Pelada. Ao lado do amigo Brasília, o craque escalou o Flamengo da sua época, lembrou da concorrência com grandes ídolos do clube e falou sobre um jogo histórico nas divisões de base, no Maracanã.

- Eu fiz três gols de falta e ele empatou o jogo aos 45, com um gol de cabeça.

E Brasília reforçou a importância da partida:

- O João Saldanha dedicou sua coluna toda ao 'jogo da tarde", a preliminar do jogo de juniores.

JAIRZINHO, O FURACÃO!!

vídeo: Rodrigo Cabral

Sergio Pugliese bate um papo com Jairzinho durante o jantar solidário do Instituto Bola Pra Frente

"Os caras brigavam pra me escalar". Um dos heróis da Copa de 70, Jairzinho, o Furacão, revelou que era um grande peladeiro! O que muito não sabem é que antes de se tornar o único jogador a marcar gol em todas as partidas de uma edição de Copa do Mundo, o craque precisou driblar não os defensores, mas os seguranças de uma creche vizinha ao Botafogo, em General Severiano. 

Era por ali que Jairzinho, com 14 anos, craque do time Estrelas de Botafogo, subia na caixa d´água para poder pular o muro e jogar as peladas nos gramados do time alvinegro. De acordo com ele, foi naquela época que começou a se familiarizar com o Botafogo, onde se tornou ídolo!