RESENHA NA PUC

por Sergio Pugliese

Não pude negar o convite de meu sobrinho bom de bola, Bernardo Pugliese, para contar a história do Museu da Pelada, que iniciou sua história com a coluna A Pelada Como Ela É publicada por quatro anos e meio nas páginas de O Globo. Foi para um trabalho na PUC e me diverti com essa nova geração de jornalistas e publicitários que vem por aí!!! Da esquerda para a direita: Bernardo, eu, a apresentadora Theodora Camara, Pedro Madeira, Giovanna Santoro, Fabrício Machado e Michel Silva, que também edita o excelente jornal comunitário Fala, Roça.