O SCRIPT DA REDENÇÃO

por Victor Escobar

m triste.jpg

Existem algumas perguntas que são insuperáveis, que conseguem atordoar as pessoas ao longo da existência e que parecem nunca ter resposta. Uma delas, sem dúvidas é: quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? Parece coisa de estudante do primário, mas encafifa até o pHD em física quântica. Não existe parecer científico que elimine todas as dúvidas! E, não, não estou aproveitando esse animal para fazer alguma referência ao herói dessa nossa crônica.

Uma outra questão é se a arte imita a vida ou vice-versa. Nessa eu não vou nem me arriscar. Vou usar a velha estratégia daquela eterna candidata à Presidência da República, que parece estar sempre dormindo na rede, e ficar em cima do muro para dizer que nem um, nem outro. Arte e vida caminham lado a lado!

Mas pra que bodegas estou falando disso tudo? Porque o resultado final da Copa do Brasil já está traçado.

Não sei se vocês perceberam, mas o "caso Muralha" é a ficção se confundindo com a realidade o tempo todo - e hoje é o desfecho da epopeia. Poderia ser uma história digna do realismo mágico de Fellini ou um romance psicológico de Doistoeviski, mas é só futebol. Homero que me desculpe, mas olha só que história:

muralha mira.jpg

1 - Um menino nascido numa cidadezinha do interior que, assim como muitos outros, sonhava em ser jogador de futebol.

2 - Começa a carreira em um time minúsculo e passa por vários outros também pequenos - Olé Brasil, Votoraty e Comercial de Ribeirão Preto.

3 - Na época de Comercial, ganhou o apelido de Muralha da torcida, após defender dois pênaltis na mesma partida - essa é a grande tirada da história.

4 - Por conta das boas atuações, foi parar no futebol Japonês, em um time de nome impronunciável que nem vou me arriscar em escrever.

5 - Volta ao Brasil, disputa a série A2 do Campeonato Paulista pelo Mirassol e se destaca positivamente mesmo na péssima campanha do time.

6 - Ganha oportunidade de chegar à elite do futebol brasileiro jogando pelo Figueirense.

m fig.jpg

7 - Tem um início difícil no time, mas, meses depois, consegue alcançar a titularidade. Como em todo time ruim, quem se destaca sempre é o goleiro. Com isso, Muralha foi um dos destaques do Figueira.

8 - O bom campeonato fez com que Muralha fosse contratado pelo Flamengo, um dos maiores times do país.

9 - Momento "On the Road": viaja de Santa Catarina para o Rio de Janeiro num Opala!

10 - Começa na reserva do Flamengo. Após a lesão do titular, ganha a titularidade e se firma como um grande personagem na campanha que, depois de muitos anos, disputou o título brasileiro.

11 - As boas atuações e o excelente momento da equipe lhe renderam convocações para a SELEÇÃO BRASILEIRA.

m sele.jpg

12 - Virando o ano, começa a derrocada do goleiro: insegurança, péssimas atuações e falhas constantes. Começou a ser perseguido pela torcida e foi responsabilizado pelo fracasso do time em competições importantes.

13 - Amargurou a reserva do goleiro recém-promovido ao profissional e depois foi para a reserva definitiva com a chegada de um grande goleiro.

alex muralha flamengo.jpg

14 - Em uma partida que foi titular, o Flamengo foi eliminado em uma disputa de pênaltis onde Muralha sequer acertou o canto - olha o gancho que falei!

15 - O escracho público: humilhado pela própria torcida e chacota dos rivais, um jornal de grande circulação crucificou o goleiro num editorial na capa, que ganhou muita repercussão e críticas.

16 - Por ironia do destino, no meio de um dos piores momentos da carreira, Muralha vai ser o goleiro da partida final da Copa do Brasil, que pode render o tetracampeonato para o Flamengo - justamente em uma das a partidas mais importantes do ano do clube.

17 - Muralha, psicologicamente arruinado, ganha apoio incondicional do elenco e da torcida e vai confiante para o jogo - "os humilhados serão exaltados", chega a ser bíblica a parada, para os mais religiosos, claro. O grand finale todo mundo já sabe. Muralha vai ser o nome do jogo que renderá título para o Flamengo - provavelmente num lance de pênalti. Pelo menos é o que a história se encarregou de escrever. E se não for, meus amigos, podem me cobrar! (Mentira! Como todo bom torcedor, vou ficar pistola se o Flamengo perder o título a ponto de mandar todo mundo que der um pio pra casa do chapéu!)

muralha defes.jpg