O FLA-FLU DA ROCINHA

texto: André Mendonça | fotos e vídeo: Rodrigo Cabral

Confira a resenha da Família Pretão

"Praia, Futebol, Cerveja, Amizade e RESPEITO! SE IDENTIFICOU? Então venha participar, será MUITO BEM-VINDO". É dessa forma que os boleiros do Pretão Futebol Clube se descrevem na página do time, no Facebook. Com mais de 20 anos de bola rolando, a galera é uma das mais conhecidas da Praia de São Conrado e tem craques de todos os níveis técnicos e diferentes classes sociais, sem discriminação. Além do respeito e da cordialidade, outra característica da "Família Pretão" é a impontualidade: marcada para às 9h, a pelada só começou por volta de 12h30, no auge do calor. Resultado, a equipe do Museu ficou no maior bronze!!!

- Já estamos acostumados a jogar nesse sol! Eles sempre atrasam, mas hoje estão passando dos limites! – reclamou Cacau, o primeiro a chegar.

O atraso fora do normal tinha uma justificativa: na noite anterior, os aniversariantes André Albit e Roberto Dias fizeram uma festa que varou a madrugada. O aniversário deles, aliás, motivou o grande duelo que ocorreria naquele sábado. Como Albit é tricolor doente e Dias não sai de casa sem sua camisa do Flamengo, a "Família Pretão" decidiu fazer um clássico Fla-Flu nas areias de São Conrado.

Aos poucos, os peladeiros foram chegando. Depois do rubro-negro Cacau, foi a vez do tricolor Wagner Lima chegar. Ex-morador da Rocinha, o boleiro, agora de Jacarepaguá, não consegue ficar longe da Família Pretão e, apesar da distância e do trânsito, sempre é um dos mais pontuais. Preocupado com a falta de quórum, o atleta preferiu se prevenir.

- A rapaziada é fogo! Se não rolar a pelada, pelo menos já dei minha corridinha no calçadão. Só não dá é para ficar parado! O Pretão já virou uma família. Quando não rola futebol, tem churrasco, cerveja e a resenha é muito boa!

O sol estava tinindo!!! As bandeiras do Flamengo e do Pretão Futebol Clube já estavam hasteadas desde cedo, mas a do Fluminense estava guardada na casa do atrasado André Albit. As balizas também estavam montadas e os boleiros pontuais se aqueciam dando chutes para o goleiro tricolor Cláudio "Chilavert".

A ideia era montar dois times de 11. Diante da dificuldade, no entanto, foi necessário começar a partida com apenas oito na linha. O Flamengo foi escalado com Júlio, Fofão, Claudinho, Cacau, Sena, André Maestro, Luciano, Coelho e Marcos Villar. E o Fluminense entrou em campo com Cláudio "Chilavert", Paulo, Givanildo, Wagner Lima, Michel, Luan Marujo, Thiaguinho, Betinho e Vitinho.

Cansados de esperar pelos aniversariantes, que enviavam seguidas mensagens anunciando a chegada, os fominhas posaram para as fotos sem as duas atrações principais e decidiram começar a partida, por volta de 12h30. O sol, que castigava o repórter e o cinegrafista, parecia não incomodar os peladeiros.

O duelo começou truncado, com poucos lances de perigo e muita igualdade. O Flamengo saiu na frente com um gol do oportunista Marcos Villar. Logo depois, o aniversariante tricolor chegou carregado de cerveja e carne, para a alegria da rapaziada. Mas sua primeira preocupação foi fincar a bandeira do Fluminense ao lado das outras duas. Embora estivesse totalmente debilitado por conta da farra no dia anterior, demonstrava confiança e disposição.

- Vou entrar no segundo tempo e fazer um gol de barriga a la Renato Gaúcho!

Sua presença parece ter dado sorte ao Fluminense. Poucos minutos depois, o tricolor chegou ao empate em um chute cruzado do habilidoso Thiaguinho. E o primeiro tempo terminou empatado, 1 a 1.

Durante o intervalo, por volta de 13h, o aniversariante flamenguista chegou. Também com a cara amassada, completamente do avesso, Dias foi muito "cornetado" pelo atraso de incríveis quatro horas.

- Caraca! Você me deixou bêbado ontem, Albit! Acordei hoje achando que era de manhã cedo ainda! – lamentou o flamenguista, para gargalhada geral.

Ao contrário do primeiro, o segundo tempo foi um massacre! Estimulados por Albit, que prometeu cerveja de "bicho", os tricolores partiram para cima do Flamengo! Com três gols de Vitinho e um de Paulo, com assistência do aniversariante, o Fluminense goleou por 5 a 1! Albit correu para a galera!!!!

- Ganhei meu dia! – gritava o tricolor!

- Vai ter revanche! Já pode marcar! – respondeu Dias.

A rivalidade, no entanto, ficou dentro de campo. Após o apito final, flamenguistas e tricolores curtiram um churrasco com muita cerveja e resenha, que durou até altas horas da noite. Por volta das 21h, Albit mandou uma mensagem para o repórter: "Ainda estamos curtindo o churrasco aqui na praia! O mais importante é a amizade! Mais uma vez, me desculpe pelo atraso!".

Não tem nada que pedir desculpa, amigo! A Família Pretão é o exemplo a ser seguido por todos os grupos de pelada! A festa foi bonita demais!