MULLER, A BIOGRAFIA

Muller e o biógrafo Anderson Olivieri

Muller e o biógrafo Anderson Olivieri

“A história do Müller sempre me fascinou. É um dos personagens mais marcantes do futebol brasileiro nas últimas décadas”. Pela frase de efeito, é possível notar que não foi por acaso que o advogado e estudante do último período de Jornalismo Anderson Olivieri decidiu se aprofundar para escrever a biografia de um dos atacantes mais marcantes do futebol brasileiro, com três convocações para Copa do Mundo e dois mundiais interclubes no currículo.

 Embora seja a primeira biografia de sua autoria, o cruzeirense Anderson já publicou quatro livros sobre o seu time: Anos 90: um campeão chamado Cruzeiro (All Print Editora); 20 Jogos eternos do Cruzeiro (Maquinária); 2003: o ano do Cruzeiro (Agência Número Um); Cartas do Tetra - As histórias de Cruzeiro, Corinthians e Fluminense no ano celeste de 2014 (Vilarejo Editora).

O futebol é paixão antiga do escritor. De acordo com ele, aos sete meses de idade foi clicado segurando uma bola de futebol com um sorriso de orelha a orelha, e passou a infância jogando e discutindo futebol.

- Com sete anos, gastava toda minha mesada comprando o Jornal dos Sports. É uma paixão de berço – lembra o cruzeirense, que freqüentava semanalmente os estádios de Brasília com o avô, para assistir clássicos como Sobradinho x Gama, Sobradinho x Planaltina, Sobradinho x Ceilândia, entre outros.

Após escrever o quarto livro sobre o Cruzeiro, Anderson decidiu que era a hora de partir para um projeto diferente, de fôlego, como uma biografia. Sem pensar duas vezes, optou por escrever sobre o atacante Müller, um jogador que o fascinava dentro e fora dos campos, com boas, intrigantes e curiosas histórias.

- Consegui o telefone dele e, na cara dura, fiz contato. Expliquei o projeto e ele adorou a ideia. Nos entrosamos fácil e a coisa fluiu quase como era nos tempos da dupla Müller e Careca! – brincou Anderson.

Até agora, o autor já teve cinco encontros com Muller, que renderam resenhas intermináveis, e entrevistou alguns personagens que fizeram parte da carreira do jogador, como Muricy Ramalho, Levir Culpi, Jorginho, Ricardo Gomes, Zinho e Alex Dias, totalizando 25 horas de conteúdo. Embora a disposição de Anderson salte aos olhos, o escritor disse que o projeto está só começando:

- Tenho certeza que posso garimpar muitas histórias boas ainda. Já fiz um levantamento e faltam, por baixo, 45 entrevistas.

É importante ressaltar, no entanto, que toda a etapa inicial foi custeada pelo próprio autor, e as demais entrevistas vão exigir gastos ainda maiores por conta da distância entre os entrevistados. Sendo assim, Anderson decidiu criar uma campanha de financiamento coletivo para custear a produção do livro.

Lançado recentemente, o site https://www.kickante.com.br/campanhas/muller-biografia detalha todo o projeto e explica como funciona o crowdfunding. Durante toda a produção do livro, em respeito e como forma de "prestação de conta", o colaborador será informado sobre cada passo dado na apuração de produção da biografia.

- Me propus a fazer uma biografia, não vou fazer de qualquer forma. Quero excelência! – finalizou o escritor.

Agora a bola está com a gente, amigos! Vamos ajudar nosso parceiro a fazer esse gol de placa!