MINHA HISTÓRIA DE AMOR COM O FLUMINENSE

por Taílton Menezes


Amanhã, dia 21 de julho, às 17h, o parceiro Taílton Menezes lança o livro "Minha História de Amor com o Fluminense", na Casa de Cultura na Praça de Itaboraí.


Confira o depoimento do ex-jogador sobre a obra:

Cheguei no Fluminense em 1970, disputei um torneio início de um campeonato de Dente de Leite em Niterói, pois jogava no Manufatura, e fomos campeões. Lá estavam dois diretores do departamento de Futebol do Fluminense que me viram jogar e foram imediatamente no vestiário para me chamar para treinar no Fluminense. Para a surpresa de todos foi a maior alegria em minha vida! Disputei em 1973 o primeiro campeonato pelo Tricolor das Laranjeiras e fomos campeões invictos. Em seguida, disputamos o Campeonato de 74 e, novamente, fomos campeões. Ao fim da competição, o Departamento Autônomo do RJ convocaria sete jogadores do Fluminense para a Seleção Carioca do Rio de Janeiro, mas o Presidente do Flu disse para a Federação que se não fosse o time todo não iria ninguém, pois fomos campeões invictos e todos do time mereciam ir. Em 1975, no entanto, aconteceu uma  grande tragédia em minha vida. Fiquei diabético, tendo que abandonar minha carreira no futebol. Sem dúvida, a maior tristeza da minha vida. Agora escrevi uma autobiografia que conto toda minha história de vida com a saída do Fluminense e a continuidade que dei no meu futebol como amador aqui em Itaboraí. Até hoje estou diabético, tomando insulina controladamente. Apesar de tudo, aprendi, com tanto sofrimento que tive com esta doença, a cuidar e viver com ela.