LEICESTER CITY, ÉPICO

por Marcelo Soares

m1.jpg

Na temporada de 2015/16 do Campeonato Inglês o que parecia impossível se realizou. O time da cidade de Leicester se sagrou campeão da primeira divisão do futebol inglês. Mas essa história começou em 2010 quando o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha comprou o time.

Os torcedores mal sabiam que ali começaria uma história épica. Ele ajudou uma cidade com pouco mais de 400 mil habitantes a melhorar os hospitais e com ações de caridade. Também fez os torcedores acreditarem no impossível.

Coincidência ou não, após o enterro do Rei Ricardo III na catedral da cidade, que também teve ajuda do Tailandês, o time decolou.

King, camisa 10 do time, ajudou o Leicester na vitória após o enterro do rei e assim permaneceram na primeira divisão. Na temporada seguinte, no estádio King Power, o time do Leicester deu muitas alegrias aos seus torcedores. Até mesmo quem estava longe do time do coração teve a vida prolongada devido ao sucesso e a felicidade que o time trazia.

Tony Skeffington, em estado terminal, acompanhava de longe, na Austrália, a campanha inacreditável que seu time fazia. Faleceu um pouco antes do time levantar o troféu de campeão da Premier League. Mas viveu muito mais do que os médicos previam vendo as vitórias da sua equipe.

m2.jpg

Gary Lineker, ídolo do futebol inglês, confessou que o que mais desejou no futebol foi ver seu time campeão da primeira divisão. Leicester City x Norwich City, 44 do segundo tempo. Um gol, a vitória da equipe e um tremor registrado na cidade após a bola estufar as redes.

Talvez todos esses fatores façam esse título ficar marcado pra sempre no futebol como um dos maiores feitos.

O futebol continua ainda fazendo milagres e sendo um dos motivos de maior felicidade para os apaixonados por ele. Nada disso seria possível para o Leicester sem a presença de Vichai.

No último sábado, 27 de outubro, o tailandês dono o clube foi vítima de um acidente de helicóptero no estacionamento do estádio do clube.

m3.jpg

Homenagens não faltaram para o tailandês. Jogadores e toda cidade mostraram um enorme carinho não só pelo profissional, mas também pela pessoa de Vichai.

A cidade de Leicester e o mundo do futebol sempre serão gratos por esse feito que conseguiu por um clube que sempre viveu longe dos holofotes, e por uma temporada teve todos os olhares do mundo voltados para ele.