JOGOS INESQUECÍVEIS

Corinthians 2 x 3 Santos (Final do Campeonato Brasileiro de 2002)

por Mateus Ribeiro

s2.jpg

O ano era 2002. O futebol brasileiro passava por um momento de euforia após a conquista de mais uma Copa do Mundo. Para coroar um ano muito movimentado, um clássico paulista decidiria o Campeonato Brasileiro daquele ano: Corinthians x Santos.

De um lado, o Corinthians, que vinha de um primeiro semestre vitorioso, com as conquistas do Rio-São Paulo e da Copa do Brasil. Do outro, o Santos, que buscava acabar com um incômodo jejum de títulos nacionais.

 O Corinthians havia se classificado com certa tranquilidade para as quartas de final, enquanto o Santos passou por algumas dificuldades, passando em oitavo lugar. E foi na fase final que a nova geração santista mostrou que não estava para brincadeira.

Um time jovem, capitaneado pelos então promissores Diego e Robinho assombrou os favoritos Grêmio e São Paulo. Faltava a prova final, em cima de um rival estadual, tendo o Morumbi como palco.

s3.png

A primeira partida fez com que o Peixe entrasse no jogo definitivo com uma vantagem, o que ajudou o time de garotos a encarar a decisão com mais naturalidade. E no final do primeiro tempo, Robinho tirou Rogério para dançar.

Pênalti para o Santos. Doni de um lado, bola do outro. Robinho fez com que o sonho ficasse mais próximo.

Acontece que o Corinthians tinha um grande time também, e não iria deixar aquilo barato. No segundo tempo, em poucos minutos, Deivid e Ânderson viravam a partida para o Timão, que precisava apenas de mais um gol para que o alvinegro de Parque São Jorge pudesse transformar 2002 em um ano perfeito.

Mas clássico é clássico, e tudo pode acontecer. Em um curto espaço de tempo, Elano e Léo fizeram 3 a 2, para delírio de santistas de inúmeras gerações. Os que viram Pelé, os que viram Serginho marcar o gol do título paulista de 1984, os que sofreram na batalha de Rosário. Enfim, era a hora de soltar o grito de É, Campeão!

O Santos, que no início do campeonato não era nem de longe o mais cotado, acabou o Brasileirão de 2002 como campeão. O último a ser disputado no sistema de mata mata, é bom que se diga.

s1.jpg

Após a conquista do Brasileiro, a encarnação dos Meninos da Vila ainda ficaria com o vice campeonato da Libertadores. Os torcedores santistas jamais esquecerão das pedaladas de Robinho, das defesas de Fábio Costa, da eficiência do meio campo formado por Paulo Almeida, Renato e Elano. Também vão se lembrar eternamente da eficiência das Torres Gêmeas na defesa, de como Diego se entendeu com Robinho, e dos laterais. Infelizmente, eu, como torcedor do Corinthians, também não me esqueço de nada disso.

E você, qual a lembrança desse jogo, que é o símbolo de uma nova era para o Santos?

Um abraço, e até a próxima.