FORÇA, CHAPE

Fundada em 10 de maio de 1973, com o intuito de restaurar o futebol na cidade de Chapecó, a Associação Chapecoense de Futebol ganhou projeção nacional em 2013, quando conseguiu o acesso inédito para a Série A do Campeonato Brasileiro justamente no aniversário de 40 anos do clube. Apesar de muitos acharem que o rebaixamento seria questão de tempo, o time de Santa Catarina provou o contrário e, neste ano, além de ter feito uma campanha segura no Brasileirão, chegou à final da Copa Sul-Americana depois de eliminar, de forma heroica, grandes times. A empolgação era nítida e a Chape virou o Brasil na segunda competição mais importante da América do Sul.

No caminho para a Colômbia, palco da primeira decisão contra o Atlético Nacional, o avião que levava os guerreiros da Chapecoense e grandes nomes do jornalismo caiu, num dos mais graves acidentes do futebol mundial! Segundo autoridades locais, 76 pessoas morreram e, dentre os jogadores, apenas os goleiros Danilo e Follmann e o lateral Alan Ruschel sobreviveram ao impacto. Além dos três atletas, um jornalista e uma aeromoça foram resgatados com vida.


Por causa do acidente, a Conmebol suspendeu a final da Copa Sul-Americana e a CBF adiou a decisão da Copa do Brasil por tempo indeterminado.


Como diz o hino da Chape "nas alegrias e nas horas mais difíceis, meu furacão tu és sempre um vencedor"!