AZIZ, BOM DE PARADA

por Sergio Pugliese

Celso Bueno, Aziz Ahmed e Alberto Ahmed

Celso Bueno, Aziz Ahmed e Alberto Ahmed

Quem conhece Aziz Ahmed sabe a figura que ele é! Lenda do jornalismo e goleiro aposentado do Caldeirão do Albertão, no Grajaú, onde permaneceu invicto por várias temporadas, há 10 anos ele desfila na Parada de Sete de Setembro, acompanhado do grupo de ex alunos do CPOR (Centro de Preparação de Oficiais da Reserva), e há 10 anos ele sai do evento direto para o campo. Claro que sua chegada sempre é uma farra e todos querem uma foto ao lado do segundo tenente da reserva.

- Mas em campo sempre fui titular! – garante.

E várias testemunhas podem confirmar, entre elas o jornalista Ricardo Boechat, presa fácil do goleiraço, e os adversários Celso Bueno e Alberto Ahmed, seu irmão e dono do campo.

- Quando ele estava no dia dele realmente não passava nada! – atesta Celsinho.

O que importa é que Aziz Ahmed pendurou as chuteiras, mas continua comandando a resenha e disposto a retomar a presidência, cargo ocupado hoje, desastrosamente, pelo esforçado ponta Viquinho.

- Na minha época era mais organizado, tinha café da manhã recheado de frutas, cerveja gelada e mensalidade mais barata. Acho que preciso voltar – anunciou.

Caso se confirme, a galera, assim como o parceirão Viquinho, prestará continência ao fundador e nome mais respeitado do Caldeirão!