ARTESÃO DO FUTEBOL DE MESA

Houve um tempo em que o futebol de botão era febre e a criançada se reunia diariamente em volta da mesa para promover campeonatos. A tecnologia trouxe os "playstations" da vida e a garotada de hoje em dia já não é mais tão fã do futebol de mesa, mas quem viveu aquela época não consegue largar a brincadeira.

Marcinho Nunes é um desses. Além de ser fissurado, ele abrilhanta a brincadeira produzindo balizas, alambrados e botões personalizados.

- Comecei por influência de um amigo meu que é fera no botão. Ele me sugeriu, comecei a investigar e fui aprimorando a técnica.

A fera entrou em contato com a gente, apresentou o seu trabalho e logo encomendamos uma baliza personalizada do Museu da Pelada. O resultado foi encantador. Marcinho é capaz de produzir diversos tipos de baliza, variando o caimento da rede.

- Faço tudo com super-bonder, se errar já era! Uso um ferro de três metros, corto ele, faço dois cabos, pinto em cima, pinto embaixo, espero secar, coloco a rede... Demoro em média uma hora e meia para produzir duas balizas.

m2.jpg

Depois de apresentar seu time de botão, uma verdadeira paneça diga-se de passagem, com os mais diversos craques, Marcinho ainda estufou a rede do Museu da Pelada com um belo gol de falta de Roberto Dinamite em cima do Raul!

- Eu sou maluco! Jogo até sozinho!

Os interessados em encomendar com o artesão do futebol de mesa podem entrar em contato:

Celular: (21) 99981-4678
Blog: futeboleartesanato.blogspot.com
Página: C.T. Alto da Boa Vista