O MENINO DE OURO DO BUGRE

entrevista e texto: Marcelo Soares | edição de vídeo: Daniel Planel 

Campeão brasileiro em 1978 pelo Guarani, Renato falou sobre sua trajetória no futebol e histórias curiosas que viveu durante a carreira.

Hoje, passando por outro momento no Guarani, nos conta que ao ver as fotos e conquistas expostas na sala, o que fica de tudo que construiu é uma eterna gratidão e muita felicidade.

Brilhante por onde passou e com um currículo recheado de times campeões como São Paulo, Botafogo, Atlético-MG e Seleção Brasileira, Renato recebeu o Museu da Pelada na sala de troféus do Guarani Futebol Clube. Conversamos sobre sua carreira, o título histórico de campeão brasileiro em 1978 pelo Guarani, a Copa de 1982 e o momento político que viviam na época, até chegarmos a falar sobre a campanha do Brasil na Copa da Rússia.

Renato faz um contraponto entre futebol e política citando a seleção de 1982.

- Em 82, na época da ditadura militar, a seleção recebia apoio para que fosse bem e o povo acabasse esquecendo os problemas que o Brasil estava passando.

Confira agora no museu da pelada a resenha com um dos maiores jogadores do Guarani e do futebol brasileiro.