PELADA DOS ANÕES

entrevista: Sergio Pugliese | vídeo: Guillermo Planel | fotos: Levy Ribeiro | edição de vídeo: Daniel Planel

Estima-se no Brasil que, entre os 210 milhões de habitantes, existem 20 mil pessoas com nanismo que precisam se virar nos 30 para superar as adversidades do dia a dia. As dificuldades chamaram a atenção da jornalista Sofia Perpétua e ela decidiu acompanhar os passos do fotojornalista Levy Ribeiro.

4879 - Foto Levy Ribeiro.jpg

Ao tomar conhecimento do projeto que ainda será lançado, a equipe do Museu imediatamente entrou em contato com Guido Ferreira, responsável pelo Projeto Facão, que logo armou uma pelada com os craques do BRASA, a Seleção Brasileira de Futebol de Anões. Liderados pelo MC Pitanga, os anões toparam um desafio no Caldeirão do Albertão e deram trabalho contra uma garotada talentosa e bem treinada.

- Através do futebol a gente consegue unir povos e deixar o preconceito de lado. É um motivo de orgulho para mim receber essa rapaziada aqui. Eles são craques de bola! - elogiou o professor Guido.

A falta de suplentes, no entanto, prejudicou a seleção brasileira, que cansou no segundo tempo e não teve forças para buscar uma reação. Mas enquanto havia fôlego, Pitanga, Cézinha, Lekinho, Vinícius, Bruno Camacho, o xerifão Oromar e o goleirão Walter deram um verdadeiro show de bola, com belas trocas de passes, dribles desconcertantes e lindos gols. Em um deles, inclusive, o artilheiro Lekinho fez o que nem Pelé conseguiu: um golaço do meio-campo, registrado pelas lentes de Guillermo Planel.

- Fui pego de surpresa, quando eu vi já estava lá dentro! - lamentou o goleiro Gabriel.

4873 - Foto Levy Ribeiro.jpg

Enquanto a pelada rolava, o fotógrafo Levy Ribeiro se desdobrava para fazer belos registros da partida, mas não escondia a dificuldade:

- Tem muito tempo que eu não faço futebol. Eu costumo dizer que quem faz futebol bem, consegue fazer qualquer coisa!

Ao fim da pelada, o craque MC Pitanga deu uma de repórter por um dia e fez questão de apresentar um por um para as câmeras. Vale ressaltar que mesmo diante de tantas dificuldades, todos exercem uma atividade e driblam o preconceito com a mesma facilidade que passam pelos adversário dentro de campo.

A brincadeira no Caldeirão do Albertão serviu como preparação para a Copa América dos anões, que será realizada em outubro deste ano, na Argentina. Como ainda não estão com nenhum tipo de patrocínio, os craques contam com o apoio dos torcedores para arrecadar a quantia necessária e cobrir os gastos. Enquanto isso, seguem se preparando para a competição.

5010 - Foto Levy Ribeiro.jpg

Os interessados em apoiar o projeto e investir no esporte brasileiro podem entrar em contato com José Carlos Rosário, fundador e presidente do BRASA.

- Agradecemos a todos os que puderem ajudar a difundir esse projeto que já é realidade!

CONTATO:
José Carlos S. Rosário
(21) 98364-3680 (WhatApp)
futeboldeanoes@gmail.com
https://www.facebook.com/futeboldeanoesbrasil/