o libertador da colina

entrevista e texto: Marco Antonio Rocha | fotos e vídeo: Daniel Planel 

Era uma tarde de quarta-feira ensolarada em São Januário. Mas não iluminada o bastante para ofuscar as histórias do personagem que logo chegaria.

Maior campeão com a camisa do Vasco, Luisinho logo surgiu brincando com todos. Anos após sair do Vasco, era como se o Vasco jamais tivesse saído dele.

A convite do Museu da Pelada, um dos maiores cabeças-de-área da história do clube falou sobre a conquista da Libertadores de 1998. Para Luisinho, o mais difícil neste bate-papo foi manter a concentração a cada interrupção feita por funcionários do Vasco. A cada um que passava, a saudação era inevitável. Ele estava, de fato, em casa!